quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Atibaia, dezembro de 2014
Querida Jovem!           

Estamos no Advento e queremos preparar nosso coração para a vinda do Menino Jesus. Da intensidade de nossa  preparação dependerá nossa alegria no Natal! Advento é tempo de espera e de preparar o próprio coração para a maior visita, que é Jesus!

No Advento podemos causar alegrias especiais ao Deus Menino, talvez sendo melhores, não reclamando, prestando um favor em casa ou para quem necessita, renunciando  algo, ou ainda deixando de assistir a algum programa de TV ou da internet, que não me acrescenta nada! Ofereçamos todos os nossos grandes e pequenos sacrifícios pela paz no mundo, pela pureza da juventude e tantas outras intenções que trazemos em nosso coração. 

 Esta história expressa o grande amor das crianças para com Jesus!


Aconteceu na Rússia. Quando o comunismo reinava e tentava destruir o que o povo ainda possuía de fé, um fato extraordinário aconteceu numa escola, com uma turma de crianças. A professora, fiel adepta do comunismo, com muita astúcia, queria destruir totalmente o pensar e agir cristão das crianças. Sua tática era mostrar na prática, que Deus não existia. Ela iniciava sua aula dizendo: “Crianças, hoje vamos ver se Deus existe. Vamos plantar duas sementinhas em dois copinhos de plástico. Vamos cuidar de uma e a outra vamos deixar para que Deus cuide.”  Depois de alguns dias as crianças puderam ver na prática que a sementinha que elas cuidaram dando água, protegendo do sol, estava levantando sua cabecinha em um vistoso broto. Mas, aquela que deixaram para Deus cuidar, não germinou.  A professora exultante inicia seu discurso vitoriosa: ”Estão vendo crianças? Deus não existe! Se ele existisse teria cuidado da sementinha e não teria deixado morrer. Vejam como tenho razão: estão vendo as árvores lá fora? Elas são verdes e balançam com o vento. Nós a vemos, portanto, elas existem. Alguém aqui já viu Deus? Houve um silêncio na sala. Não! Reinicia a professora, se Deus existisse, nós poderíamos vê-lo. Neste momento uma menina mais corajosa, que não agüentava mais ouvir tudo aquilo pois era extremamente o contrário do que aprendera em casa, disse desabafando: “Mas o Menino Jesus existe!” “É?”- ironizou a professora, então vamos chamá-lo, pois, se o Menino Jesus existe ele virá”. A menina convidou  todos os seus coleguinhas para chamarem o Menino Jesus e todos, em um só coro disseram: “Menino Jesus, vem!” – nada aconteceu. As crianças se entreolharam, mas a menina não desanimou: Vamos dizer mais alto! E assim fizeram e quase gritando disseram a uma só voz “Menino Jesus, vem!” A professora estava realizada. Esta seria sua vitória. Finalmente conseguiria acabar com a grande fé que as crianças ainda possuíam: O Menino Jesus. “Gritem mais alto crianças, talvez ele esteja dormindo ou foi passear!” As crianças reuniram todas as forças e gritaram o mais lato que podiam: “Menino Jesus, vem!!!” uma , duas e por fim, mais uma vez, quando a professora já ia abrir a boca para largar seu veneno, qual não foi sua admiração; quando a porta da sala de aula se abriu lentamente e o Menino Jesus entrou, como que envolto por uma esfera de luz. Sorriu encantadoramente para as crianças e abençoou-as. Depois virou-se para a professora e sorriu também para ela, e depois deixou a sala tão silenciosamente como havia entrado. As crianças irromperam num grande júbilo, radiantes abraçam-se e na mais plena felicidade repetiam: “Ele veio! Ele veio!!!” E a professora? Ela ficou como que petrificada perante o júbilo das crianças, saiu da escola totalmente transtornada, sem parar não cansava de repetir: Ele veio! Ele veio!!! 

Sim, Ele quer vir hoje em nossos corações! Em mim! Em você! No coração de cada jovem que irá preparar seu tabernáculo-coração para a vinda do Jesus Menino! Deus Menino, Tu que és o Missionário do Pai, vem em nossos corações! Belém é aqui, Belém é meu e seu coração! 

Em nossas orações na Noite de Natal podemos, junto com nossa Mãe Imaculada, que é festejada no dia 8 de dezembro, suplicar que nosso coração seja sempre um vivo Tabernáculo, para adorar a presença permanente de Jesus em nosso meio.  Pedimos bênçãos especiais para nossos familiares, e para todos os que trazemos em nosso coração, que cada um possa aproximar-se do presépio no Natal, e ter um profundo encontro com o Menino Deus. 

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Karen Bueno - Expectativa e ansiedade se refletem no olhar de várias pessoas que estão em frente ao Santuário Tabor da Permanente Presença do Pai, em Atibaia/SP. Câmeras, tablets, celulares focam a rampa de acesso à Casa Provincial das Irmãs de Maria de Schoenstatt. Por ali descerão as seis postulantes, que em breve se tornarão noviças.
Às 9h 40min os sinos do Santuário começam a ressoar, e da portaria surge, aos poucos, cada uma das jovens. As exclamações são diversas entre os amigos, familiares e convidados em geral. Muitos se surpreendem ao ver as postulantes vestidas de noiva, contudo, a expressão mais visível entre todos é a alegria.
Cerca de 1100 pessoas participam dessa hora de graças para as Irmãs de Maria de Schoenstatt da Província Schoenstatt Tabor.
Presente para a Igreja
Para muitos, essa é a primeira vez que participam de uma cerimônia de vestição. “Eu não sabia que as noviças se vestiam de noiva, me impressionei com a cerimônia, foi lindo demais. Imaginava que elas simplesmente recebiam as vestes e acabava aí, não sabia que tinha todo esse rito, me emocionou muito”, diz Rosaria Costa, de Itabira/MG.
Várias pessoas se diziam surpresas com a celebração. O diferencial deste ano jubilar de 2014 é que, pela primeira vez, os pais conduziam as filhas até o altar. “A entrada das noviças com os pais foi muito bonita, muito emocionante”, diz Márcia Florêncio, de Monte Santo de Minas/MG, “o momento que elas recebem as vestes é também muito marcante”.
Presente para a família
Muitos convidados se encantam com a celebração, porém maior alegria vem dos familiares: “A cerimônia foi linda. Através das Irmãs, vemos Maria presente em nosso meio. Para nós que somos familiares, a emoção é ainda maior”, diz Alexandra Pinheiro, irmã de uma noviça.
Maria Ivonete Pinheiro, mãe da Ir. M. Adriana Pinheiro, se alegra: “Minha filha fez a escolha certa ao ouvir o chamado de Deus. Rezo para que ela seja fiel, perseverante”.
Os pais da Ir. Fernanda Maria Vieira participavam pela primeira vez de uma solenidade de vestição. “É um momento de alegria, mas também de aperto no coração, já que ficaremos um pouco longe dela. Rezo para que Jesus abençoe sua escolha e que seja feliz”, diz Iedo e Maria José Ferreira vieira.
Alegria também era vista entre os familiares da Ir. M. Daiane Gonçalves. “A emoção é grande, é um momento de entrega e estou muito feliz. Para nós que somos pais é difícil ficar longe, é preciso perseverança e força, mas ao mesmo tempo causa muita alegria a vocação da nossa filha”, conta Eliana Gonçalves, mãe da Ir. M. Daiane.
Presente para Schoenstatt
O sábado festivo deste 6 de setembro acolhia olhares atentos, com expressões de surpresa, alegria, emoção, admiração, mas também agradecimento pelas seis vocações que florescem no seio da Família de Schoenstatt neste ano jubilar.
www.maeperegrina.org.br

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Convite Vestição 2014


Minha vocação principal é o amor(Pe. José Kentenich)

Querida  Jovem!!!
                
A vocação fundamental do ser humano é o amor. Fomos criados para amar. Nossa vida perde completamente o sentido se não encontrarmos o amor e não experimentarmos como algo pessoal, que nos faz crescer e que nos realiza.
                O ser humano tem sede de felicidade e traz no coração a vontade de acertar com os planos de Deus. Porém, o mais difícil muitas vezes, é descobri-lo. Deus se utiliza de muitos caminhos para nos mostrar sua santa vontade. Como descobri-la?
                Uma das respostas é: no silêncio da oração e das reflexões pessoais, no qual podemos calar a voz do mundo e ouvir a voz de Deus.
 A voz de Jesus é única! Se aprendemos a distingui-la, Ele nos guia no caminho da vida, um caminho que ultrapassa tudo”. (Papa Francisco- 21-04-13)
                “Às vezes, Jesus nos chama nos convida a segui-lo, mas talvez aconteça que não nos damos conta de que é Ele, propriamente.

                Encontrar Jesus Cristo, experimentar o seu amor e a sua misericórdia é a maior aventura e a mais bela que pode acontecer a uma pessoa!” ( Papa Francisco 22-09-13)
                       
                        _________________________, você sente esta inquietude, esta voz no teu coração?
Neste ano centenário da Aliança de Amor, cem anos da Obra de Schoenstatt lhe convidamos a participar de um encontro vocacional especial, a vestição de nossas 6 noviças que será no dia 6/09  em nosso Instituto Secular das Irmãs de Maria de Schoenstatt.

Para as jovens que irão ficar na casa Ir. M. Emilie
Chegada Sexta-feira ás 16h
Término do encontro domingo após o almoço.

Aguardamos sua confirmação:
(11) 4414-42-35

Jesus te convida:


“Vinde e vede: o Amor é mais forte, o Amor dá vida, o Amor faz florescer a esperança no deserto”. Papa Francisco 20-04-14


Rezo em suas intenções!


Ir. Fabiana Maria Costa